Todo Wu-Tang é pivô de um divórcio?

O grupo Wu-Tang Clan já esteve bastante envolvido com a Justiça em outras ocasiões, mas esta deve ser a primeira vez em que os rappers são acusados de serem pivôs de um divórcio. Todos os nove membros da banda.

No reality show “Divorce court”, exibido na TV americana, Nathan Sellers e Lia Palmquist, que foram casados, tenta resolver os imbróglios da separação. Sellers, porém, acusa a ex-mulher de tê-lo traído com todos os integrantes do Wu-Tang Clan. Na mesma noite.

Questionada pela juíza Judge Lynn Toler se ela conhece o grupo, Lia confirma e diz que teve uma noite maravilhosa ao lado dos músicos, mas que nada de mais aconteceu. “Os Wu-Tang são nada além de cavalheiros, foram muito respeitosos e eu nunca traí o meu marido”, disse, sob o deboche do ex.

“Eu nunca fui uma groupie. Basicamente, o que aconteceu é que eu conheci o Wu-Tang, entrei no ônibus de turnê deles, voltei para o hotel e nós estávamos apenas nos divertindo a noite toda. Foi maravilhoso, nós não estávamos fazendo nada além de conversar, falando sobre política”, garantiu.

“Eu estava com ele na época, ele morava na minha casa. Eu perdi a noção do tempo e quando olhei para o meu relógio era 7 da manhã, pulei num táxi e assim que cheguei em casa, Nate começou a me acusar de ter dormido com eles”. A juíza, então, questiona o comportamento de Lia.

Fonte: O Globo

Share

Kommentar hinterlassen

E-Mail Adresse wird nicht veröffentlicht.


*


Share
Share