Rincon Sapiência narra a saga de Galanga no seu #1 disco

Foto: Renato Stockler

Rincon Sapiência já colocou o bloco na rua e mostrou o que é ostentação à pobreza. Agora, ele vai “de vez” fazer seu debut com o álbum “Galanga Livre”. De sonoridade ímpar e letras que não fazem massagem ao ego, o primeiro LP de Rincon chega às plataformas digitais no dia 25 de maio, e em 15 de junho nas prateleiras das lojas.

A certeza é que Rincon manterá a originalidade nas 13 músicas que vão compor o disco – duas delas são bônus. A conclusão é dada por que ele assina a produção de todas elas, com exceção de “Amores às Escuras” (Gambia Beats). William Magalhães (Banda Black Rio) faz a coprodução. “Galanga Livre exalta sonoridades das raízes africanas, combinadas com letras que abordam a consciência e a valorização da afrodescendência no Brasil contemporâneo”, afirma.

No projeto, Sapiência narra o empoderamento da comunidade preta brasileira. E para contar a história, ele usa como base a saga de liberdade do escravo Galanga, personagem de um conto fictício criado por Danilo Albert Ambrósio.

“Após sua fuga, Galanga passa pela quebra das antigas correntes que prendiam o ex-escravo, que agora liberto se aventura pelas ruas da cidade grande, numa mistura de ficção e da cruel realidade rotineira dos grandes centros urbanos”, descreve. “No caminho, as músicas são a trilha sonora do relato sobre as armadilhas da opressão secular que se impõe ao povo preto. Transitando entre uma África onde viveram reis e rainhas e a África diaspórica futurista que hoje ocupa as metrópoles, Galanga desfila livre e imponente o orgulho de suas origens através da afirmação política e da estética preta”.

Antes mesmo de ser mostrado ao público, “Galanga Livre” foi “abençoado” e muito elogiado por Xis, Mano Brown e Black Alien. As palavras dos “mestres” estarão registradas no encarte da versão física.

Capa oficial do disco:

capa final cd galanga livre

Tracklist:
01 – Intro
02 – Crime Bárbaro
03 – Vida Longa
04 – A Volta Pra Casa
05 – Meu Bloco
06 – Moça Namoradeira
07 – A Noite é Nossa
08 – Amores às Escuras
09 – A Coisa Tá Preta
10 – Benção
11 – Galanga Livre

PERÍODO PÓS GALANGA – BÔNUS TRACKS
12 – Ostentação à Pobreza
13 – Ponta de Lança (Versão Livre)

Share

Kommentar hinterlassen

E-Mail Adresse wird nicht veröffentlicht.


*


Share
Share